Why programmers are not paid in proportion to their productivity

# 27.04.2011

John D. Cook: Why programmers are not paid in proportion to their productivity (via Hacker News)

Programmers are most effective when they avoid writing code. They may realize the problem they’re being asked to solve doesn’t need to be solved, that the client doesn’t actually want what they’re asking for. They may know where to find reusable or re-editable code that solves their problem. They may cheat. But just when they are being their most productive, nobody says “Wow! You were just 100x more productive than if you’d done this the hard way. You deserve a raise.” At best they say “Good idea!” and go on. It may take a while to realize that someone routinely comes up with such time-saving insights. Or to put it negatively, it may take a long time to realize that others are programming with sound and fury but producing nothing.

The romantic image of an über-programmer is someone who fires up Emacs, types like a machine gun, and delivers a flawless final product from scratch. A more accurate image would be someone who stares quietly into space for a few minutes and then says “Hmm. I think I’ve seen something like this before.”

Máquinas de escrever continuam sendo fabricadas

# 27.04.2011

Máquinas de escrever sobrevivem nos EUA graças ao governo. Os preços impressionam: de US$ 192 até US$ 998 (com 48k de memória, mover/copiar/apagar, corretor ortográfico).

O site norte-americano Minyanville (…) achou um fabricante de máquinas de escrever, a Swintec, sediada nos Estados Unidos.

(…) o gerente geral de vendas da empresa não apenas confirmou que continua fabricando o produto como enfatizou: “Não acho que as máquinas de escrever vão desaparecer, não vejo isso acontecer tão cedo. Temos contratos com penitenciárias de 43 Estados (norte-americanos) para fornecer máquinas de escrever transparentes para os presos, de modo que eles não possam esconder contrabando dentro delas”, afirmou o executivo.

Verdades não tão conhecidas sobre programação

# 22.04.2011

iMasters: Verdades não tão conhecidas sobre programação, traduzido do original de David Veksler. Apesar de uma ou outra contradição, como “Bons programadores não têm medo de refatorar seu código constantemente” e “Contínuas mudanças levam ao desgaste do software e de sua integridade conceitual planejada originalmente”, destaco o que é mais difícil de explicar para não-programadores:

Programar é um trabalho pesado. É uma atividade mental intensa. Bons programadores pensam sobre seu trabalho 24/7. Eles escrevem seu código mais importante no chuveiro, sonhando etc., porque o trabalho mais importante é feito longe do teclado. Projetos não são concluídos mais rapidamente gastando mais tempo no escritório ou adicionando pessoas novas ao projeto.

Alarme falso do avast!

# 13.04.2011

A última vez que tive problemas com vírus de computador foi em 1994, quando tive até que formatar um HD (faz tanto tempo que naquela época ainda se falava “winchester”). Essa marca de 17 anos quase foi perdida anteontem quando repentinamente o avast! acusou a presença de mais de 3000 arquivos infectados, mas felizmente era um alarme falso.

Há vinte anos

# 24.03.2011


Há 20 anos, Senna conquistava primeira vitória no GP do Brasil

– De repente, perdi totalmente a quarta (marcha), faltando 20 voltas para o final. Comecei a sentir dores no pescoço, no ombro e nos braços. Aí de repente, fiquei sem a quinta e a terceira (marchas). Nada funcionou, faltando sete, oito voltas para o final. Achei que não ia ganhar nas últimas três voltas com o problema no câmbio. Mas quando deu duas voltas, pensei: ‘vai ser no grito’. Lutei tanto, tantos anos para chegar isso. Vai ter que dar. Vai ter que chegar em primeiro.

New old

# 17.03.2011
Media_https0i1picplzt_wrenz

android smartphone + picplz -> flickr, dropbox + posterous autopost -> wordpress self-hosted -> twitter via twitterfeed.

17 anos seguidos na ativa

# 08.03.2011

Completei hoje 17 anos ininterruptos inserido no mercado de trabalho – 3 anos e um mês em uma empresa, 13 anos, onze meses e oito dias em em outra. Considerando os índices de desemprego no país, me considero um privilegiado.

Vanity card #329 do Chuck Lorre

# 16.02.2011

Ao final de cada episódio produzido por Chuck Lorre é exibido um “vanity card”, uma mensagem pessoal similar a um editorial ou post de um blog. Após os acontecimentos recentes com Charlie Sheen que culminaram na paralisação temporária da série “Two and a Half Men” de Lorre, este é o vanity card que ele publicou ao final do episódio 08×16.

I exercise regularly. I eat moderate amounts of healthy food. I make sure to get plenty of rest. I see my doctor once a year and my dentist twice a year. I floss every night. I’ve had chest x–rays, cardio stress tests, EKG’s and colonoscopies. I see a psychologist and have a variety of hobbies to reduce stress. I don’t drink. I don’t smoke. I don’t do drugs. I don’t have crazy, reckless sex with strangers.

If Charlie Sheen outlives me, I’m gonna be really pissed.

Buenos Aires in 10 Minutes

# 08.02.2011

WARNING: If you haven’t been to Buenos Aires yet, this video will make you take the next flight to this charming city — Watch at your own risk!

Cem coisas acontecem na sua vida

# 27.01.2011

Via Kiran Bedi no TED:

Cem coisas acontecem na sua vida, boas ou ruins. Das 100, 90 são criações suas. Elas são boas. São criações suas. Aproveite. Se são ruins, elas são criações suas. Aprenda com elas. Dez são coisas que a natureza manda que nada pode-se fazer. Como a morte de um parente, ou um ciclone, um furacão, ou um terremoto. Não pode-se fazer nada. Você deve responder à situação. Mas essa resposta vem dos outros 90 pontos.

The Bus Pants Utilization

# 10.01.2011

Por se tratar de desenvolvimento de software, o episódio 04-12 de The Big Bang Theory, “The Bus Pants Utilization”, já é para mim um dos melhores de todas as temporadas.

Sheldon Cooper – Eu não diria que todos os idosos incapazes de assimilar tecnologia devam ser chicoteados em praça pública, mas se fizéssemos alguns de exemplo incentivaria os demais a se esforçarem mais.

Efemérides 10.01.2010

# 10.01.2011

Família britânica produziu apenas uma sacola de lixo em 2010.

O casal Richard e Rachelle Strauss e a filha Verona, de 9 anos, reciclam praticamente tudo, plantam grande parte da própria comida e transformam restos de alimento em adubo. Além disso, eles compram produtos diretamente de produtores locais para evitar embalagens em excesso e quando vão ao açougue, por exemplo, eles levam os próprios recipientes.

A pequena sacola de lixo continha alguns brinquedos quebrados, lâminas de barbear, canetas e negativos fotográficos.

A experiência foi contada em um site na internet, o myzerowaste.com, que acabou virando referência sobre reciclagem e tem mais de 70 mil visitantes por mês.

Não existem bobos no futebol. Será?

Ser “bobo” é, de uma forma suave, ser otimista demais, e acreditar na palavra e na correção humana de forma generalizada. É acreditar em duendes. O “bobo” é um personagem imortal e atemporal. No futebol, e na vida.

11:02:36:20

# 09.01.2011

Notei hoje que meu notebook estava ligado direto há 11 dias.

London Calling

# 05.01.2011

Desde o primeiro dia do ano estudando os mapas do metrô e dos bairros, o sotaque, o Oyster card, o trajeto do bus tour…

Efemérides 30.12.2010

# 30.12.2010

Daniel Piza no Estadão: Coisas públicas.

Eis o ponto: se Lula fez bem em dar continuidade a muitas conquistas do governo anterior (que sofreu para obtê-las por causa de uma oposição que o sucessor jamais experimentou), também cometeu muitos erros semelhantes, em especial o velho vício nacional de achar que centro é comodismo, que conciliação é conchavo, que exigente é chato. Nenhuma reforma importante foi feita, nenhuma transformação séria. O mecanismo pelo qual o poder é exercido segue sendo o mesmo arranjo de oligarquias, que concede um lento avanço do perfil social em troca do uso desregrado do dinheiro público. A carga tributária continuou subindo no mesmo ritmo, em direção aos padrões escandinavos, sem a respectiva devolução de benefícios coletivos.

BM&F Bovespa se prepara para receber 40 novas empresas;

O número de ofertas de ações previsto para o ano que se aproxima deve superar o registrado em 2006.

Americano cria internet sem fio transmitida pela iluminação. Creio que essa tecnologia seria extremamente útil dentro de racks em datacenters, onde normalmente se trabalha com Gigabit Ethernet.

Resoluções de Ano Novo para viajantes

# 28.12.2010

Ricardo Freire: Resoluções de Ano Novo para viajantes.

Habilitar seu cartão de banco para saques no exterior.
Comprar uma mala de quatro rodinhas.
Tomar vacina contra febre amarela.
Organizar suas milhas.
Fazer check-in antecipado.
Viajar pelo Brasil na baixa temporada.
Pesquisar opiniões antes de reservar.
Compartilhar suas experiências de viagem.

40 queries em 0,492 segundos.